Tag Archive | coletiva de imprensa

Ricardo Darín diz que não se julga merecedor de homenagens

Um dos grandes nomes do cinema argentino atual, o ator Ricardo Darín, protagonista de filmes como ‘O Segredo dos Seus Olhos’ e ‘O Filho da Noiva’, veio ao Brasil prestigiar a homenagem que recebe da 5ª Mostra Cinema e Direitos Humanos da América do Sul, que começa nesta sexta-feira (19) em São Paulo. O ator conversou com os jornalistas e disse que não se julga merecedor de homenagens: “Aceitei esta devido à importância do festival, de se discutir o tema dos direitos humanos, mas não me julgo muito merecedor de homenagens.”

Realizado em 20 capitais, a Mostra segue até dia 19 de dezembro, passando cerca de uma semana em cada cidade. O mais recente filme protagonizado por Darín, ‘Abutres’, é um dos destaques da Mostra. Dirigido por Pablo Trapero (‘Leonera’), o filme é a aposta da Argentina em uma possível disputa por mais um Oscar. Darín contou que trabalhar com Trapero foi uma experiência nova: “é bom conhecer novos pontos de vista na direção, ele é alguém que se envolve com o que faz, não fica só no escritório.”

Darín revelou que este novo filme conta a história de amor entre duas pessoas que se envolvem em um ambiente hostil: “Foi isso o que me atraiu no roteiro”. Ele disse também que gosta de filmar histórias envolventes: “Tenho bastante critério para escolher meus personagens, gosto de histórias que me envolvem. [Protagonizar] Boas histórias foi abrindo caminho para mim [aos olhos do público e da crítica internacionais]. Me comove que meus filmes tenham tido boa aceitação.”

Sempre simpático, Darín abriu um sorriso ao falar do cinema brasileiro. Ele comentou que está envolvido em um projeto com o diretor Walter Salles – os dois vão filmar ‘Terra’, um road movie que terá Ricardo Darín e Gael Garcia Bernal no elenco. Darín também se disse fã de ‘Cidade de Deus’ e de ‘Pixote – A Lei do mais fraco’.

Ele também discordou de sua fama de galã: “Com esse nariz e esses dentes, você não faria essa pergunta se eu não tivesse esses olhos”, disse à jornalista que o comparou com o astro Humphrey Bogart por sua “beleza rude”.

Matéria escrita e publicada ontem no Portal da RedeTV (a foto eu tirei na pré-estreia do filme, à noite).

Anúncios

Ministro diz que MEC não pretende anular prova do ENEM

O Ministro da Educação, Fernando Haddad, disse em coletiva de imprensa nesta segunda-feira (08) que o MEC não pretende anular a prova do ENEM de sábado. Ele afirmou que “a prova do ENEM é tecnicamente sustentável sobre todos os pontos de vista” e que a falha na impressão de 21 mil provas “não foi culpa do INEP”.

Haddad explicou que o erro foi mínimo, dizendo que o número de provas que apresentaram erros em seus gabaritos equivale a apenas 0,3% do total. “A matriz dos gabaritos estava em ordem e 99,7% das provas foram impressas corretamente.”

A falha nas provas, segundo o ministro, afetou apenas uma escola em Sergipe, que não conseguiu substituir as provas com problemas. “Nos demais locais de prova, os estudantes conseguiram trocar as provas com problemas por outras corretas.”

“O relato que temos é de que foi uma falha técnica na impressão de um lote de 21 mil cadernos. Uma falha técnica pequena e assumida pela gráfica. Lanço mão desses números para afirmar que a substituição [dos cadernos com erro] deve ter sido uma reação natural”, afirmou o ministro. A gráfica responsável divulgou uma carta assumindo o erro de impressão no caderno de cor amarela da prova. Confira a carta divulgada pela gráfica: [carta da gráfica em pdf].

Sobre a decisão da juíza federal da 7ª Vara Federal, Karla de Almeida Miranda Maia, de anular a prova do ENEM, Haddad afirmou que o MEC pretende recorrer da decisão. “Tudo isso é uma questão de levar as informações corretas às autoridades competentes, vamos explicar e mostra provas para garantir que os estudantes não seja prejudicados.”

Haddad disse também que “a prova deve ser mantida. Nós já tivemos inúmeras liminares contra o ENEM e quando esclarecemos a Justiça sobre os procedimentos tomados para garantir a isonomia (imparcialidade) da prova, o que tem acontecido é a revisão dos julgamentos.”

Caso a prova de sábado precise ser anulada, Haddad afirmou que a nova data será escolhida de forma a não prejudicar o calendário dos vestibulares das grandes universidades federais. A previsão do ministro é de que, caso uma nova prova seja mesmo necessária, esta deve ocorrer dentro de um mês.

Haddad afirmou ainda que erros no ENEM são comuns, devido à amplitude da prova, que cresceu muito em pouco tempo. “O importante é garantirmos a isonomia do exame, para não prejudicar os estudantes”, afirmou.

Matéria escrita e publicada hoje às 19h no Portal da RedeTV.

Hoje a responsável pela home de jornalismo aqui do Portal na parte da tarde saiu de férias. A função sobrou para mim. E o primeiro dia foi justo pós-ENEM. Taí algo de que não sinto saudades dos meus 17 anos.

Os Queridinhos da América

Posted on 2/julho/2008 by Cinéfilos3 comentários

Considerados os dois atores brasileiros de maior sucesso no exterior, Rodrigo Santoro e Alice Braga fazem seu primeiro filme juntos. Cinturão Vermelho, escrito e dirigido por David Mamet, estréia por aqui com um grande marketing em torno da imagem dos dois atores.

coletiva cinturão vermelho

Na entrevista coletiva concedida para divulgação do filmes, os dois atores conversaram com a imprensa sobre as principais motivações que os levaram ao set de filmagem de Mamet, como foi a experiência de trabalharem juntos e quais seus projetos e perspectivas para o futuro. O encontro nas telas entre os dois atores brasileiros, ironicamente, só foi acontecer em um filme norte-americano, dirigido por um faixa roxa (uma das mais altas) que pratica jiu-jitsu na academia do mestre brasileiro Renato Magno, em Los Angeles.

Mamet percebeu que a rigidez de princípios morais pregada pelo instrutor serviria bem a um herói cinematográfico e criou o enredo de Cinturão Vermelho, que apresenta confrontos mais morais do que físicos. Para tanto, reuniu uma equipe numerosa, com vários brasileiros que deram ao set de filmagem um clima descontraído. Mamet ofereceu o apoio necessário aos atores, dirigindo-os para que criassem o personagem que ele havia imaginado, uma de suas características como diretor.

Ambos os atores afirmaram que a experiência de trabalho com o diretor norte-americano foi muito positiva, “ele é muito calmo e tranqüilo”, afirma Alice e orienta os profissionais para que, na interpretação, o ator se coloque como veículo do diretor, fique a sua disposição.

A carreira dos dois atores vai muito bem. No Festival de Cannes, Rodrigo estava com dois filmes em competição,Che, de Steven Soderbergh, e o argentino Leonora, de Pablo Trapero. Alice foi para a exibição oficial de Blindness, filme do diretor brasileiro Fernando Meirelles sobre olivro “Ensaio sobre a Cegueira”, do escritor português José Saramago. O clima em Cannes era muito animado, com uma grande presença de brasileiros em competição e um sentimento positivo em relação ao cinema nacional.

Os dois talentos brasileiros mais promissores estão com vários projetos internacionais. Santoro veio a São Paulo para a divulgação de Cinturão e logo voltou à Los Angeles, para concluir uma cena de I Love You Philip Morris, com Jim Carrey e Ewan McGregor. Alice terminou recentemente as filmagens de alguns longas, ainda inéditos aqui no Brasil, nos quais conheceu e atuou com seus ídolos do cinema: em Repossession Mambo atuou com Jude Law e Forest Whitaker, e em Crossing Over, com Harrison Ford e Sean Penn.

Os atores concluíram a entrevista de modo otimista e sempre afirmando que não escolhem seus papéis pela nacionalidade ou por atuar em Hollywood, mas sim pela satisfação artística que estes lhes trarão. Nas palavras de Rodrigo, os Estados Unidos “são uma vitrine para o mundo” e, se esta vitrine oferece boas possibilidades, por que não aproveitá-las?