Virada Cultural: Mart’nália e Paulinho da Viola

Ou: dos shows incríveis.

Os shows da Virada tem a vantagem de serem o momento em que os artistas cantam seus grandes sucessos – ou fazem homenagens – e o fazem para que o público cante junto. Você não precisa ter ouvido o disco mais recente, nem ser fã nde carteirinha. Basta gostar um pouco – ou se aventurar. Se for minimamente fã do cantor, vai cantar junto.

Assim, todos vibraram ao ouvir Mart’nália cantando [por exemplo] ‘Cabide’, ‘Tava por aí’ ou ‘Disritmia’ (de autoria de seu pai, Martinho da Vila, que é ótima, todo sambista adora cantar e os fãs de samba sempre cantam junto).

Depois – com um trilha ambiente um pouco estranha para o palco do samba – Paulinho da Viola entrou ovacionado por uma Praça da República lotada e abrindo o show com ‘Coração Leviano’.  O show foi rápido e quem ficou longe do palco teve problemas com o som, mas a performance de Paulinho da Viola foi impecável! Sorridente e emocionado, o cantor transmitia a cada sorriso uma alegria sincera e contagiante. Cantando junto com a Orquestra de Cordas de Curitiba, os músicos tocaram duas belíssimas canções instrumentais e, no final – para alegria de todos – não faltaram ‘Timoneiro’ e ‘Foi um rio que passou em minha vida’. Um dos shows mais emocionantes a que já fui (no puro sentido daquilo do que causa emoção). Sensacional!

Anúncios

Tags:, , , , ,

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: