Belle & Sebastian usa carisma para encantar fãs em São Paulo

Sempre carismático, o vocalista principal do Belle & Sebastian, Stuart Murdoch, empolgou o público no show que o grupo escocês realizou nesta quarta-feira (10) em São Paulo. Não que fosse necessário: a plateia estava cheia de fãs, que dançaram com um misto de clássicos e músicas do disco ‘Write About Love’, lançado em outubro deste ano.

Cerca de 5 mil pessoas, em sua maioria jovens e indies, prestigiaram a apresentação da capital paulista. Não foi o suficiente para lotar a casa, mas foi o número ideal para garantir volume aos olhos de quem estava no palco e também a possibilidade de encontrar um lugar com uma boa vista e a salvo do empurra-empurra comum em pistas de shows. Todos saíram felizes – e os presentes pareceram nem se importar com o som, que estava um pouco baixo e foi desfavorável aos instrumentos musicais utilizados.

Com sete integrantes e cinco músicos, o Belle & Sebastian abriu o show pontualmente, às 22h, com ‘I Didn’t See It Coming’, do disco ‘Write About Love’, cantada pela vocalista e violinista Sarah Martin. Depois vieram ‘I’m a Cuckoo’ e ‘Step Into My Office’, antes que Stuart Murdoch cumprimentasse a plateia com seu português aparentemente decorado: “Boa noite, São Paulo. Finalmente chegamos de volta ao Brasil”, emendando ‘Another Sunny Day’ na sequência.

Com o público já animado, não foi dificil para o também vocalista e guitarrista Stevie Jackson, mais tímido que Murdoch, ensaiar um assobio coletivo enquanto cantava ‘I’m Not Living in the Real World’. Em meio a um belo jogo de luzes, os fãs se emocionaram ao som de ‘Fox In The Snow’ e alguns acenderam esqueiros, lembrando baladas românticas cantadas em shows ao ar livre. Os hits ‘If You’re Feeling Sinister’ e ‘The Boy With The Arab Strap’ também agradaram, recebendo um grande número de palmas.

Stuart Murdoch arremessou pequenas bolas de futebol americano autografadas para os espectadores. Mostrando que, apesar de magro, tem um braço forte, a maioria dos “presentes” foi parar no fundo da pista comum (ao menos um regalo para quem ficou mais longe). No camarote, no entanto, não conseguiu acertar – para alegria de quem estava embaixo.

Nas últimas músicas do show, o vocalista chamou alguns fãs da pista vip para dançarem no palco. Uma moça desistiu da dança e saiu do palco; tímida, perdeu a oportunidade de abraçar seu ídolo e receber uma medalha. Os cinco restantes dançaram empolgados até que alguém os tirou de lá – não antes de “roubar” um abraço do simpático Murdoch – que após ser abraçado pela quarta fã que recebia a medalha e também pelo único homem chamado ao palco, extendeu a “gentileza” também às outras três moças mais contidas.

As medalhas foram entregues ainda enquanto o escocês cantava ‘Sleep the Clock Around’, que fechou a primeira entrada do grupo no palco com uma vasta salva de aplusos: um misto de admiração pelo show e agradecimento pelos fãs que subiram ao palco, um extase que talvez explique o que veio com o BIS: Stuart Murdoch, magrinho e com uma camiseta branca básica, andando pela plateia, da pista vip à normal, pulando a grade que as separava e sendo segurado no alto pelos fãs enquanto cantava ‘Jonathan David’ (com um segurança preocupado em volta).

Em seguida o Belle & Sebastian tocou três hits do cultuado álbum ‘If You’re Feeling Sinister’: ‘Get Me Away From Here, I’m Dying’, ‘Judy and the Dream of Horses’, fechou o show com ‘Me and the Major’. Quem prestigiou saiu satisfeito com o repertório e a simpátia dos integrantes da banda, lamentando apenas a ausência de músicas do disco ‘Tigermilk’, o primeiro e um dos mais elogiados.

Amanhã (12), os escoceses tocam no Rio de Janeiro. Os fãs cariocas podem esperar um repertório diferente, mas com as primeiras e últimas músicas possivelmente mantidas: o grupo costuma mudar bastante seu repertório. Os ingressos já estão esgotados.

Confira o setlist do show:
I Didn’t See It Coming
I’m a Cuckoo
Step Into My Office
Another Sunny Day
I’m Not Living in the Real World
Piazza, New York Catcher
I Want The World To Stop
Lord Anthony
Sukie In The Graveyard
Fox In The Snow
Travellin Light
If You’re Feeling Sinister
Write About Love
There’s Too Much Love
The Boy With The Arab Strap
Caught In Love
Simple Things
Sleep the Clock Around

Bis
Get Me Away From Here, I’m Dying
Judy and the Dream of Horses
Me and the Major

Texto escrito e publicado ontem no Portal da RedeTV.

Anúncios

Tags:, , , , , , , , , , ,

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: