Ibama pede a retirada dos urubus da Bienal

Causando polêmica desde a abertura da 29ª Bienal de Arte de São Paulo, a instalação ‘Bandeira Branca’, do artista Nuno Ramos, recebeu nesta sexta-feira (01) uma intimação para libertar os urubus que dela fazem parte. Presos entre redes no meio do pavilhão da Bienal, a presença dos animais foi alvo de protestos de ambientalistas e também de uma pichação que pedia “liberte os urubu” (sic).

Em nota oficial, o Ibama notificou os responsáveis pelos três urubus-de-cabeça-amarela expostos na 29.ª Bienal de que devem retirar os animais de lá em até cinco dias. O órgão considerou que as instalações em que as aves estão são “inadequadas para a manutenção” delas.

Foi concedido um prazo de cinco dias para os animais retornarem ao seu local de origem. O Ibama acredita que, com este tempo, os animais possam retornar com segurança ao seu habitat.

Nota escrita e publicada hoje no Portal da RedeTV.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: