Exposição ‘Resiliência: Antenas’

A exposição ‘Resiliência: Antenas’, da artista plástica Cristina Schleder, questiona a relação homem-natureza e incentiva a preservação ambiental por meio de colagens. Cristina cria fíguras de árvores coloridas com diferentes tipos de papel e, exposto em São Paulo, tal trabalho busca despertar o olhar para o ambiente cinza que cerca o espectador, destacando a importância da preservação ambiental.

“Artista plástica desde sempre”, como se define, Cristina conta que seu trabalho é baseado no que ela pensa sobre a natureza. “Eu só pinto o que a natureza me inspira. Nunca pintei uma casinha, um barquinho ou algo que o homem tenha feito. Acho que é uma conexão de alma entre a natureza e eu”, revela, afirmando que uma obra de arte reflete a alma de seu criador.

Esta exposição apresenta 19 trabalhos com colagens. A técnica, segundo Cristina, surgiu em sua vida de repende, “e eu estou na colagem há 10 anos. É um momento, uma forma de expressão que continua me dando satisfação.” A artista, que mantem uma coleção de revistas em sua casa, seleciona os papeis que utilizará de acordo com a cor que deseja trabalhar, ficando sempre atenta aos efeitos de movimento, luz e sombra.

Neste processo, cada composição demora cerca de quatro meses para ficar pronta, “mas já levei um ano para fazer alguns quadros”, conta Cristina. “Depende do trabalho, mas [a colagem] toma muito tempo. Além da seleção de materiais (papeis), tem também o trabalho de fazer uma colagem harmoniosa. São desafios que motivam meu trabalho.”

O título da exposição, Resiliência, foi dado em referência à “capacidade de recuperação [que a natureza tem] de sua forma original após sofrer choque ou transformação”, segundo explica o catálogo da exposição. As ‘antenas’ são os elementos que captam as energias cósmicas, “são as próprias árvores, dentro e fora dos quadros”. As colagens de Cristina unem os elementos de resistência da natureza com o poder reflexivo da arte.

Cristina conta que procura, com suas obras, incentivar um olhar diferente do habitual das grandes cidades: “Eu gostaria que ao olhar as pessoas consigam enxergar a natureza como algo necessário na vida do ser humano. A mensagem [que quero passar] é [que o espectador consiga] trazer para dentro de si algo tão vital para o ser humano quanto a natureza. As pessoas veem árvores na calçada, mas se esquecem da importância de preservar a natureza.”

Matéria escrita e publicada quarta-feira (29) no Portal da RedeTV.

Anúncios

Tags:, , , , , , ,

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: