Sean Penn chega aos 50 anos em boa fase profissional

O ator Sean Penn completa 50 anos nesta terça-feira (17), em meio a sucessos profissionais e polêmicas em sua vida pessoal. Filho do cineasta Leo Penn e da atriz Eileen Ryan, Penn nasceu em Santa Mônica, na Califórnia, e cresceu brincando com seus irmãos de produzir filmes amadores em uma câmera Super 8 e hoje o ator já tem 25 filmes lançados.

Consagrado como um dos grande nomes de sua geração, Penn já recebeu cinco indicações ao Oscar de Melhor Ator por ‘Os Últimos Passos de um Homem’ (1995), ‘Poucas e Boas’ (1999), ‘Uma Lição de Amor’ (2001), ‘Sobre Meninos e Lobos’ (2003) e ‘Milk – A Voz da Igualdade’ (2008), tendo levado o prêmio pelos dois últimos. Pelo drama ’21 gramas’, esquecido na disputa do Oscar, Penn foi indicado ao Globo de Ouro, ao Bafta e aos Festivais de Cinema de Cannes e Veneza. No total, o ator já recebeu 45 prêmios e foi indicado a outros 49.

Sean Penn estreiou no cinema como protagonista do longa ‘Picardias Estudantis’ (1982), seguido de ‘Bad Boys’ (1983) e ‘Alta Incompetência’ (1984). O reconhecimento internacional veio com ‘Os Últimos Passos de um Homem’ (1995), filme pelo qual foi indicado ao Oscar pela primeira vez, além de ganhar o Urso de Prata no Festival de Berlim.

Sua vida pessoal, por outro lado, é marcada por fortes polêmicas: seu casamento com a Madonna, que foi de 1985 a 1989, terminou com a cantora acusando-o de agressão. Em 1987, Penn passou 37 dias na prisão acusado de agredir um figurante do filme ‘As Cores da Violência’. Em outubro do ano passado Penn quebrou a câmera de um paparazzo, pelo que foi condenado a três anos de liberdade vigiada, terapia e serviços comunitários em maio deste ano.

Na direção, seu filme mais prestigiado foi ‘Na Natureza Selvagem’, com Emile Hirsch (‘Show de Vizinha’) como protagonista. Atualmente, Sean Penn se prepara para atuar ‘This Must Be the Place’, do cineasta italiano Paolo Sorrentino, previsto para estrear em 2011, e no remake de Os Três Patetas, no papel de Larry, produção ainda sem data de estreia prevista.

Longe das telas, Penn tem se destacado como ativista político e social. Em 2002, o ator comprou um anúncio no jornal norte-americano Washington Post para declarar-se contra a guerra no Iraque e o então presidente George W. Bush. Depois que o furacão Katrina atingiu Nova Orleans em 2005, Penn envolveu-se pessoalmente no resgate de vítimas, bem como no Haiti, onde foi trabalhar junto à ajuda humanitária.

Texto escrito e publicado hoje no Portal da RedeTV.

Anúncios

Tags:, , , ,

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: