Festival busca familiarizar público com linguagem eletrônica

Até o dia 29, São Paulo recebe a 11ª edição do FILE, o Festival Internacional de Linguagem Eletrônica, que todos os anos busca fazer uma compilação de produções artísticas no campo das artes eletrônicas e digitais. São aproximadamente 340 obras de 37 países expostas na Galeria de Arte do SESI e também espalhadas em pontos estratégicos da Avenida Paulista, permitindo uma maior interação entre público e obras de arte.

Eliane Weizmann, coordenadora educativa do Festival, adianta que “o público pode esperar ver obras de arte nas quais eles devem ter uma atitude diante delas, eles devem sair da contemplação passiva da arte tradicional e interagir com a obra.”Em sua maioria, explica, o FILE traz obras que lidam com imagem e som, apresentando o visitante às principais tendências e movimentos da cultura contemporânea.

O principal objetivo do Festival é justamente difundir as novas linguagens artísticas, muitas vezes esquecidas pelos circuitos artísticos tradicionais. Eliane explica que outra face importante do FILE é a de estimular o surgimento de novos artistas: “Uma grande conquista deste ano foi o FILE PRIX LUX, que foi concebido para complementar as ações do FILE na área de linguagens eletrônicas e digitais, com o intuito de premiar, incentivar e estimular o aparecimento de novos talentos. Essa nova iniciativa pretende, além da exposição e apresentação de trabalhos, imputar valor a tais manifestações, ao conferir aos artistas contemplados repercussão nacional e internacional.”

Pode parecer ‘coisa de nerd’, mas Eliane diz que o público é muito diversificado, “há desde curiosos até pesquisadores da área de linguagens eletrônicas. Recebemos pessoas interessadas de todas as faixas etárias e muitas vem de outras cidades para conferir o que estamos mostrando no festival.”

Em cartaz desde o dia 27 de julho, a coordenadora educativa do FILE conta que a reação dos visitantes tem sido ótima. “A reação foi sensacional, tivemos um grande número de visitas a semana toda. Muitos já voltaram mais de uma vez para poder ver tudo.”

Serviço:
Festival Internacional de Linguagem Eletrônica (File)
Onde: Centro Cultural Fiesp – Ruth Cardoso – Av. Paulista, 1313, Metrô Trianon-Masp, São Paulo-SP.
Quando: até 29 de agosto. Segunda-feira das 11h às 20h. Terça a sábado das 10h às 20h. Domingo das 10h às 19h.
Quanto: grátis

Matéria escrita e publicada ontem no Portal da RedeTV.

Anúncios

Tags:, , , ,

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: