Como organizar sua biblioteca pessoal

Tão importante quanto o posicionamento ideal da estante em relação à casa, é a forma como você organiza sua estante. De que adianta ter livros limpos, se você nunca acha aquele que busca? A dica, para quando você tiver um [bom] tempo livre, é catalogar seus livros por assunto, assim você não precisa necessariamente saber qual o nome ou o autor daquele livro que você procura, basta saber do que ele trata.

Júlio Penteado, vice-presidente da Federação Brasileira de Veículos Antigos, tem um biblioteca relativamente pequena, mas bastante especializada e muito bem cuidada. Apaixonado por carros, a paixão não fica de fora quando Penteado vai às livrarias. Ele tem de 100 a 120 livros sobre automóveis novos, antigos, inovações e todo tipo de informações relacionadas, fora uma acervo de revistas encadernadas: em sua estante, pode-se encontrar todas as edições de várias revistas especializadas. E tudo isso muito bem organizado. “As revistas estão por data de publicação e os livros mais ou menos por assunto”, conta.

Mas, no intuito de manter seus livros por mais tempo, arrumação e estante ideal podem ser inúteis se você molhar as pontas dos dedos para virar as páginas, por exemplo. O coordenador de preservação da Biblioteca Nacional, Jayme Spinelli, é categórico: se um livro por ventura for atingido por água, “não o exponha ao sol, isso acarreta a descoloração do mesmo e o ressecamento do papel. Se um livro molhar, procure secá-lo com o auxílio de um ventilador, que, com movimentos circulares na frente do mesmo semi aberto, acarretará sua secagem.”

Para uma melhor organização e preservação dos livros na estante, Spinelli diz que é importante não compactar os livros nas prateleiras: “uma certa folga entre eles é recomendável.” Se a sua estante não for fechada nas laterais, utilize bibliocantos para que os livros não fiquem despencando da estante.

Penteado observa essa dica categoricamente. “É importante não forçar as prateleiras, pois, com o tempo, os livros acabam grudando.” Na limpeza, ele usa um pano seco e procura limpar os livros pelo menos três vezes ao ano, “o ar de São Paulo é muito poluída”, desabafa.

Para limpeza, Spinelli recomenda o uso do aspirador de pó nos livros e nas prateleiras. Também é importante evitar comer próximo aos livros, pois isso atrai insetos e impurezas. E para evitar danos com o simples fato dos livros saírem da estante, retire-os segurando pela lombada e não puxando-os pela cabeça. Seguindo as dicas usadas na Biblioteca Nacional, você ainda poderá se deleitar com seus preciosos por muito tempo!

Esta matéria começa AQUIComo cuidar bem de sua biblioteca pessoal.

Texto escrito entre fevereiro e maio de 2010 para o Portal Vital, da Unilever. A versão editada está disponível no site, cujo acesso é restrito a usuários cadastrados. Atribui uma data aleatória para a publicação do texto aqui no blog, apenas para mantê-lo como registro.

Anúncios

Tags:, , , , , , , , ,

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: