Os benefícios da automassagem

A técnica é uma tradição milenar da medicina chinesa

Uma boa massagem seria o final ideal para qualquer longo dia de trabalho. Para a maioria das pessoas, no entanto, tal conforto é impraticável. Seja por falta de tempo ou dinheiro, o relaxamento é adiado e as tensões se acumulam. Uma boa saída é a automassagem, uma técnica simples para relaxar sem gastar ou precisar de ajuda.

A automassagem ou Do-In é uma prática originária da tradicional medicina chinesa, seu uso é voltado para a manutenção da saúde e prevenção de doenças. Sua aplicação se dá através de pressão ou fricção nos pontos que, segundo a medicina chinesa, concentram energia no corpo. Seu funcionamento é semelhante ao da acupuntura, só que os dedos substituem as agulhas.

Segundo a medicina chinesa, o corpo humano é composto por energia que circula em 12 meridianos, ao longo dos quais se distribuem centenas de pontos onde se pode aplicar automassagem. Quando o organismo não tem saúde significa que a circulação de energia pelo corpo está em desequilíbrio. A aplicação constante da automassagem mantém o fluxo de energia corporal em equilíbrio, evitando doenças.

Sidney Donatelli, massoterapeuta e coordenador da escola da AMOR (Associação de Massagem Oriental do Brasil), recomenda que junto com a automassagem sejam feitos movimentos de alongamento, “para ir mobilizando o corpo junto com o alto toque”, diz. Ele recomenda trabalhar o corpo todo, passando por vários pontos da cabeça aos pés, para desenrijecer a musculatura e promover a liberação dos tecidos mortos.

O terapeuta Paulo Bastos Gonçalves, especialista em massagem ayurveda e diretor da Associação Brasileira de Ayurveda, afirma que não há restrições para a prática da automassagem. Ele diz que o importante é “respeitar sua condição física, não fazer rotações ou torções e evitar a aplicação de pressão exagerada”. Os benefícios obtidos com uma automassagem são semelhantes àqueles da massagem convencional, a única diferença é que há alguns pontos, nas costas, por exemplo, que não alcançamos em nós mesmos.

Técnicas de automassagem
Segundo a tradicional medicina chinesa, cada um dos pontos espalhados ao longo dos 12 meridianos de energia que regulam o funcionamento do nosso corpo tem uma função específica. A automassagem em um ponto ajuda a regular o processo fisiológico a ele relacionado, seja este físico ou emocional.

Na mão, por exemplo, há um ponto entre os dedos polegar e indicador que, pressionado, ajuda a aliviar dores de cabeça. Já para ansiedade, deve-se fazer uma pressão contínua no punho na direção do dedo mínimo.

O terapeuta Paulo Bastos Gonçalves, especialista em massagem ayurveda e diretor da Associação Brasileira de Ayurveda, explica que, de forma geral, os pontos que mais canalisam energia são aqueles no alto da cabeça, as palmas das mãos, as solas dos pés e o abdome (ao redor do umbigo). Ele explica que “todos esses pontos e regiões devem ser massageados com movimentos circulares. Na região da cabeça com as pontas dos dedos. Já as palmas das mãos, solas dos pés e abdome necessitam de movimentos amplos, realizados com as palmas das mãos”.

Para quem trabalha sentado, Gonçalves diz que “é muito agradável e relaxante fazer pequenas compressões no queixo, logo abaixo da linha dos lábios, no topo da cabeça e na primeira cervical. Terminar comprimindo a lateral do quadril, com atenção especial a cabeça do fêmur”.

A automassagem aumenta a produtividade, oferece um relaxamento imediato e, a longo prazo, oferece ao individuo uma maior aceitação de si mesmo, que dialoga com seu corpo, percebendo sua linguagem e necessidades.

Gonçalves recomenda que sempre que possível a automassagem seja feita com uma pequena quantidade de óleo vegetal morno. “Com a lubrificação, os movimentos serão mais suaves e a pele agradecerá a nutrição extra.” Outra dica do terapeuta é aplicar bolsas e toalhas aquecidas para potencializar o efeito do toque.

Para começar ou terminar bem seu dia, o terapeuta sugere uma seqüência de automassagem: “inicie massageando o rosto com as palmas das mãos, como se quisesse abrir sua face, continue com leve pressões com o polegar, no queixo, logo abaixo dos lábios. A seguir comprima a ponta de seu nariz e depois a articulação do maxilar (logo abaixo dos lóbulos das orelhas). Agora uma leve pressão (sempre com o polegar), no espaço entre as sobrancelhas, siga até o meio da testa e termine massageando com os dedos indicador, médio e anular o meio da sua cabeça. Pare um instante e sinta o bem estar. Agora uma atenção à nuca: comprima com o indicador, o máximo de tempo que for possível para você, a primeira cervical, o próximo movimento é comprimir o meio dos ombros (direito esquerdo, um de cada vez). A seguir, comprima o meio do antebraço (direito e esquerdo) e depois o meio das palmas, em seguida uma leve rotação dos punhos. Dê alguma atenção às coxas: massageie com pequenos movimentos de “amassar”, seguindo até os joelhos, depois comprima as patelas (rótulas) dos joelhos. Se puder tirar os sapatos, comprima o meio das solas dos pés e depois dê uma boa esfregada neles. Pare e sinta a diferença. Para terminar esse “cuidar de você mesmo” apoie delicadamente as palmas das mãos na área central do seu peito e permaneça um instante em contato. Aprecie seu bem estar”

Saiba Mais
Curso Online de Automassagem da Associação de Massagem Oriental do Brasil: http://escola-amor.com.br/curso/curso_online.php
Livro: Do In – Livro dos primeiros socorros, a milenar arte chinesa de acupuntura com os dedos, Juracy Cançado

Texto escrito entre fevereiro e maio de 2010 para o Portal Vital, da Unilever. A versão editada está disponível no site, cujo acesso é restrito a usuários cadastrados. Atribui uma data aleatória para a publicação do texto aqui no blog, apenas para mantê-lo como registro.

Anúncios

Tags:, , , , , , ,

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: