Os Queridinhos da América

Posted on 2/julho/2008 by Cinéfilos3 comentários

Considerados os dois atores brasileiros de maior sucesso no exterior, Rodrigo Santoro e Alice Braga fazem seu primeiro filme juntos. Cinturão Vermelho, escrito e dirigido por David Mamet, estréia por aqui com um grande marketing em torno da imagem dos dois atores.

coletiva cinturão vermelho

Na entrevista coletiva concedida para divulgação do filmes, os dois atores conversaram com a imprensa sobre as principais motivações que os levaram ao set de filmagem de Mamet, como foi a experiência de trabalharem juntos e quais seus projetos e perspectivas para o futuro. O encontro nas telas entre os dois atores brasileiros, ironicamente, só foi acontecer em um filme norte-americano, dirigido por um faixa roxa (uma das mais altas) que pratica jiu-jitsu na academia do mestre brasileiro Renato Magno, em Los Angeles.

Mamet percebeu que a rigidez de princípios morais pregada pelo instrutor serviria bem a um herói cinematográfico e criou o enredo de Cinturão Vermelho, que apresenta confrontos mais morais do que físicos. Para tanto, reuniu uma equipe numerosa, com vários brasileiros que deram ao set de filmagem um clima descontraído. Mamet ofereceu o apoio necessário aos atores, dirigindo-os para que criassem o personagem que ele havia imaginado, uma de suas características como diretor.

Ambos os atores afirmaram que a experiência de trabalho com o diretor norte-americano foi muito positiva, “ele é muito calmo e tranqüilo”, afirma Alice e orienta os profissionais para que, na interpretação, o ator se coloque como veículo do diretor, fique a sua disposição.

A carreira dos dois atores vai muito bem. No Festival de Cannes, Rodrigo estava com dois filmes em competição,Che, de Steven Soderbergh, e o argentino Leonora, de Pablo Trapero. Alice foi para a exibição oficial de Blindness, filme do diretor brasileiro Fernando Meirelles sobre olivro “Ensaio sobre a Cegueira”, do escritor português José Saramago. O clima em Cannes era muito animado, com uma grande presença de brasileiros em competição e um sentimento positivo em relação ao cinema nacional.

Os dois talentos brasileiros mais promissores estão com vários projetos internacionais. Santoro veio a São Paulo para a divulgação de Cinturão e logo voltou à Los Angeles, para concluir uma cena de I Love You Philip Morris, com Jim Carrey e Ewan McGregor. Alice terminou recentemente as filmagens de alguns longas, ainda inéditos aqui no Brasil, nos quais conheceu e atuou com seus ídolos do cinema: em Repossession Mambo atuou com Jude Law e Forest Whitaker, e em Crossing Over, com Harrison Ford e Sean Penn.

Os atores concluíram a entrevista de modo otimista e sempre afirmando que não escolhem seus papéis pela nacionalidade ou por atuar em Hollywood, mas sim pela satisfação artística que estes lhes trarão. Nas palavras de Rodrigo, os Estados Unidos “são uma vitrine para o mundo” e, se esta vitrine oferece boas possibilidades, por que não aproveitá-las?

Anúncios

Tags:, , , , , , ,

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: